Um homem de 56 anos, investigado pelo crime de estupro de vulnerável, foi preso pela Polícia Civil na tarde desta quinta-feira (21), em Anchieta, no Extremo Oeste de SC.

A Polícia Civil recebeu denúncia que o homem estaria abusando sexualmente da filha de 15 anos de idade, e durante o andamento das investigações, foi apurado que a irmã, atualmente com 22 anos de idade, também foi vítima quando era menor de idade.

Conforme a polícia, o investigado aproveitava a proximidade, confiança e autoridade sobre as vítimas. Por meio de ameças, ele obrigava as filhas a praticar atos sexuais quando não tinha ninguém por perto.

Diante das informações apuradas durante a investigação, a Polícia Civil representou pela prisão temporária do suspeito. O pedido foi deferido pelo Poder Judiciário. Nesta tarde, a Polícia Civil conseguiu localizar e prender o investigado no município de Anchieta, na microrregião de São Miguel do Oeste.

Após ser interrogado, o preso foi encaminhado à Unidade Prisional de São José do Cedro, onde permanecerá à disposição da Justiça. Ele poderá ser indiciado pelo crime de estupro de vulnerável (artigo 217-A, do Código Penal), cuja pena pode chegar até 15 anos de reclusão.

A identificação do preso e mais detalhes do crime não serão divulgados para preservar a identidade da adolescente, segundo a Polícia Civil.

Colabore com a Polícia Civil. Denuncie. Disque 181 (não é necessário se identificar).

Quer receber as notícias no WhatsApp?