Uma menina de apenas três meses de idade pode ter sido vítima de uma tentativa de homicídio em Camboriú. A ocorrência foi registrada na madrugada desta quarta-feira (24), quando a Polícia Militar foi chamada por um médico para verificar o caso no Hospital de Camboriú.

O médico estava desconfiado das circunstâncias que levaram a criança e ter lesões no rosto. Os PMs conversaram com os pais da criança e o pai disse que, ao acordar para tomar um remédio, percebeu que a filha não estava respirando direito. Ele relatou que chamou a esposa, que fez uma massagem e a criança voltou a respirar normalmente. Depois, levaram a criança para o hospital.

A mãe confirmou a história, mas o homem tem passagem por violência doméstica. Ele foi levado para a delegacia. A criança foi transferida para o Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, e vai passar por exames detalhados. Os médicos examinaram a menina, que tinha machucados no rosto e na língua, características de uma tentativa de homicídio por asfixia.

Quer receber as notícias no WhatsApp?