A Polícia Civil apreendeu três animais em situação de maus tratos e prendeu um homem em flagrante, nesta terça-feira (18), em Florianópolis.

A ação foi por meio da Central de Plantão da Capital (CPP/PCSC) e contou com o apoio da 10ª Delegacia de Polícia, Polícia Militar Ambiental e da Diretoria do Bem Estar Animal (DIBEA).

A investigação foi iniciada a partir de denúncias de que o investigado e seus familiares estariam utilizando cães para a caça de animais silvestres, alimentando-os apenas com a carcaça das presas.

Além disso, também havia informação de que familiares possuíam armas de fogo de caça em desacordo com a legislação. Durante a ação, foi confirmada a situação de maus tratos animal. Todavia, as armas encontradas no local possuíam registro e, portanto, estavam legalizadas.

Os animais foram encaminhados para a DIBEA para os devidos cuidados. O conduzido foi encaminhado para o presídio por se tratar de delito que não cabe arbitramento de fiança.

Ainda serão ouvidos dois outros suspeitos, os quais também são proprietários dos animais apreendidos.