A Polícia Civil apreendeu, na última quarta-feira (25), 20 pássaros silvestres em uma residência de Mafra, no Norte catarinense. As aves eram mantidas em gaiolas e, de acordo com o delegado Nelson Vidal, há fortes indícios de que eram comercializadas ilegalmente. Um inquérito foi instaurado para apurar os fatos.

 

 

Na residência, localizada no bairro Vila Nova, os policiais encontraram um sabiá preto, trinca-ferros, pintassilgos-do-nordeste, que estão ameaçados de extinção, coleirinhas, coleiras baianas, azulões e canários da terra.

As aves foram apreendidas e entregues à Polícia Militar Ambiental de Canoinhas para procedimentos legais. A polícia suspeita que elas eram vendidas para os municípios de São Bento do Sul, Rio Negrinho, São Francisco do Sul e Lapa, no Paraná. Um homem foi preso e conduzido à delegacia.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram

Facebook Messenger