Suspeito possui passagem policial pelo crime de estupro em Palhoça, no ano de 2014 | Foto PC/Divulgação
Suspeito possui passagem policial pelo crime de estupro em Palhoça, no ano de 2014 | Foto PC/Divulgação

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Santo Amaro da Imperatriz e apoio da Delegacia de Angelina, prendeu um homem de 38 anos suspeito de estuprar a própria esposa. O mandado de prisão preventiva foi expedido em decorrência de investigação da DPCO de Santo Amaro.

Segundo o que apurado, a vítima sofre violência doméstica há cerca de quatro anos, mas só agora teve coragem de denunciar o agressor. O suspeito já possui passagem policial pelo crime de estupro em Palhoça, no ano de 2014.

“O crime de estupro pode ocorrer no âmbito de uma relação afetiva, como casamento ou união estável. O fato de autor e vítima estarem casados não significa que o mesmo possa obrigar a ofendida a ter relações sexuais”, comenta o delegado Rodrigo Mayer, que coordena a investigação.

A prisão faz parte do projeto da Delegacia de Santo Amaro denominado “Grades da Liberdade”. O nome faz alusão ao fato de que a prisão do agressor devolve à vítima, muitas vezes reclusas em uma relação, sua liberdade para viver.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?