Um homem de 30 anos foi preso após uma confusão com a ex-companheira na rua João Lombardi, no bairro Vila Amizade, em Guaramirim. O caso ocorreu na noite deste domingo (5). A Polícia Militar foi chamada para verificar a ocorrência às 20h15.

De acordo com a PM, o homem relatou que foi vítima de um atropelamento. A ex-companheira dele, de 30 anos, e a filha a filha menor de idade contaram que ele bateu intencionalmente com o braço direito e quebrou o vidro do carro.

No local, o casal contou que havia uma medida protetiva e que ambos descumpriram a ordem judicial, mas não foi apresentado nenhum documento para a guarnição. O homem tentou sair do local diversas, mas foi advertido para ficar até o fim do procedimento policial.

Após uma das tentativas, ele foi preso e levado para a Delegacia da Comarca de Jaraguá do Sul. Lá, os policiais militares perceberam que o homem tinha escoriações pelo corpo. O Corpo de Bombeiros Voluntários foi chamado para fazer o socorro.

Por causa de problemas anteriores envolvendo a família, com três crianças em situação de vulnerabilidade, o Conselho Tutelar foi chamado. De acordo com a PM, a guarda dos menores não estavam nem com o pai e nem com a mãe.

Uma tia das crianças foi até a delegacia e assumiu a guarda provisória dos menores até uma decisão judicial.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram