A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de feminicídio em Tubarão. Ele teve a prisão decretada pela Justiça após investigação da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso (DPCAMI/PCSC) de Tubarão.

Ao finalizar o procedimento, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do acusado, que era marido da vítima. A medida foi deferida pela Justiça e o investigado preso na tarde de quarta-feira. Depois, foi conduzido ao Presídio de Tubarão.

O corpo da vítima foi encontrado no dia 1º de março boiando em um rio sob uma ponte de madeira, no bairro Passo do Gado, em Tubarão. Havia uma sacola plástica amarrada na cabeça.