Um crime ocorrido na manhã desta terça-feira (24) chocou a comunidade de Cerro Azul, no interior de Rio Negrinho, no Planalto Norte de Santa Catarina. Um homem foi morto com a golpes de enxada na cabeça. Ari Machado de Oliveira foi morto pelo enteado a golpes de enxada. O suspeito de ter cometido o homicídio é Edinei Pereira. De acordo com o delegado Gil Rafael Ribas, ele cumpriu pena de seis anos e estava solto há sete meses. Pereira estava morando em Joinville e foi visitar a mãe em Rio Negrinho. Edinei pernoitou na casa de uma sobrinha e pediu para o cunhado levar ele até o interior para fazer a visita. “Quando ele chegou na casa e discutiu com o companheiro da mãe, ainda não está esclarecido o motivo. A princípio, a vítima teria agredido a mãe do acusado. Os dois entraram em luta corporal e, com uma enxada desferiu golpes na vítima”, explicou o delegado, ao relatar que também foram dados golpes de prancha de facão nas costas. Ari ficou gravemente ferida e Edinei fugiu. Com a demora em chamar o socorro, a vítima morreu no local. O corpo foi recolhido pelo IGP (Instituto Geral de Perícias). Foram feitas buscas nas imediações e o suspeito foi preso. Foram ouvidas as testemunhas e o preso foi interrogada. O delegado Ribas realizou a lavradura da prisão em flagrante por homicídio. A prisão preventiva foi pedida e o caso encaminhado ao Judiciário.