Resumo da notícia

  • Homem terá de pagar indenização por vandalizar patrimônio tombado em Joinville.
  • Ele danificou a porta da sede da Sociedade Harmonia Lyra.
  • Jovem teria comandado um grupo em uma invasão ao centro histórico, onde ocorria uma reunião do Conselho da Cidade.

 

Um homem foi acusado de danificar a porta da sede da Sociedade Harmonia Lyra, imóvel tombado pelo Estado, em Joinville.

Em ação civil pública impetrada pelo Ministério Público, o rapaz foi foi condenado a ressarcir o dano causado, avaliado em R$ 300 reais.

O rapaz era considerado líder de um movimento popular estudantil que cobrava gratuidade para estudantes no transporte público.

 

 

Na ocasião, o jovem teria comandado um grupo em uma invasão ao centro histórico, onde ocorria uma reunião do Conselho da Cidade.

Após a invasão e diante do encerramento forçado da reunião, os membros do conselho acionaram a Polícia Militar, que identificou o jovem como líder do grupo.

O homem foi acusado de destruir bem público e foi condenado à pena de prestação de serviços comunitários durante um ano e dois meses e o pagamento de um salário mínimo e meio.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram