O Tribunal do Júri condenou um homem a 17 anos e dois meses de prisão por homicídio e corrupção de menor em Jaraguá do Sul.

A sessão presidida pelo juiz titular da 1ª Vara Criminal de Jaraguá do Sul, Crystian Krautchychyn, aconteceu nesta terça-feira (20).

 

 

Davi Henrique Gomes de Oliveira foi considerado culpado pelo conselho de sentença.

Porém, Jennipher Franciscin Schroeder, também julgada pelo Tribunal do Júri, foi absolvida.

Davi continua a cumprir a pena em regime fechado no Presídio Regional de Jaraguá do Sul.

Théo Henrick Kuhn de Souza, de 21 anos, foi morto na madrugada do dia 19 de maio de 2019.

De acordo com o inquérito policial Davi, Jennipher, outros dois homens e um adolescente foram em um carro para cometer o crime.

A vítima foi morta com tiros e golpes de enxada na cabeça.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito, ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança