Nesta quinta-feira (5), a Polícia Civil informou que encerrou o inquérito e indiciou por homicídio qualificado o suspeito de matar esfaqueado um homem durante uma briga no Conjunto Salvador Lyra, no Tabuleiro do Martins, parte alta de Maceió. De acordo com a investigação, o crime aconteceu depois que a vítima fez xixi na calçada da casa vizinha.

A polícia divulgou o vídeo de uma câmera de segurança, em que é possível ver uma briga entre mulheres na rua e depois a chegada de vários homens. A gravação não mostra o momento exato do assassinato, mas é possível ver a vítima, Thiago Alves Fernandes de Lima, de 40 anos, caindo no chão após ser atingido por um facão.

O crime aconteceu no dia 11 de julho deste ano. De acordo com a polícia, Thiago Lima estava bebendo com a namorada na casa de um amigo. Antes de ir embora, ele desligou o som do carro, que estava estacionado no lado de fora da casa, e fez xixi na calçada ao lado.

O dono da casa, que estava com a companheira, teria ido tirar satisfação com Thiago. Houve uma briga e o homem, que não teve o nome divulgado, foi em casa e voltou com um facão. Segundo a denúncia, ele atingiu a vítima uma única vez. Thiago chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu e acabou falecendo.

O suspeito fugiu, mas depois de alguns dias ele se apresentou na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Conforme os policiais, ele confessou o crime e teve a prisão preventiva solicitada, porém a Justiça negou o pedido e concedeu a ele o direito de responder pelo crime em liberdade.

Responsável pelo caso, o delegado Fábio Costa disse que ele foi indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil e por recurso que tornou impossível a defesa da vítima.