O Natal estava acabando quando um morador de Guaramirim se viu obrigada a acionar a Polícia Militar porque foi ameaçado pelos próprios inquilinos. De acordo com a Polícia Militar, que foi chamada por volta das 21h, o caso aconteceu na rua Silvio Schork, no bairro Amizade.

O homem de 36 anos informou aos policiais que os inquilinos chegaram na residência com o volume do som muito alto, perturbando a família, inclusive a filha recém-nascida. No momento em que teria pedido para que o som fosse desligado, o proprietário da residência foi empurrado e ameaçado. A vítima contou que os inquilinos afirmaram que “pegariam uma faca e o esfaqueariam”.

Os dois inquilinos, de 38 e 19 anos, assinaram termo circunstanciado já com audiência previamente agendada e foram liberados. Os suspeitos afirmaram ainda que deixariam a residência e romperiam o contrato de locação.

--

Quer receber as notícias no WhatsApp?