Um homem de 45 anos foi agredido por populares após abusar sexualmente de uma menina de nove anos em Itajaí.

O caso de estupro de vulnerável foi registrado na tarde deste sábado (22), na rua David Adão Schmidt, no bairro São Vicente.

A Polícia Militar foi chamada para atender a ocorrência às 13h40.

De acordo com a PM, o autor foi localizado escondido em seu local de trabalho por estar com medo dos populares.

Ele relatou que as acusações são falsas, tendo em vista que conhece a criança e a mãe dela.

O homem disse que encontrou com a senhora, acompanhada de sua filha, as quais estavam indo comprar um carregador.

O autor afirmou que ofereceu um carregador reserva que estava em sua casa e foram buscar todos juntos.

Eles entraram na casa, testaram o carregador e, na saída, segurou na mão da criança, como de costume. Informou que a menina tem o costume de lhe chamar de padrinho, por mais que ele não seja.

A mãe, de 44 anos, informou que foi comprar um carregador junto com a filha.

O conhecido ofereceu um carregador reserva que estava na casa dele.

Após a saída, a criança contou que o homem tentou puxá-la para dentro do quarto e passou a mão no corpo dela.

A mulher ressaltou que, de imediato, retornou ao local, iniciou uma discussão com o autor e chamou a PM. A criança confirmou os fatos relatado pela mãe.

Uma testemunha, de 51 anos, estava em um bar próximo e presenciou os fatos.

A pessoa contou que a criança chegou ao local chorando, alegando que um homem havia lhe puxado para o quarto. Ela relata que não conhecia a vítima.

A guarnição conduziu os envolvidos à Central de Plantão Policial de Itajaí.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito , ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança