Homem de 42 anos vítima de afogamento em lagoa não resiste e morre no hospital

Por: OCP News Criciúma

04/01/2022 - 19:01 - Atualizada em: 04/01/2022 - 19:52

O homem vítima de afogamento na Lagoa Cortada, em Balneário Gaivota, no Extremo Sul catarinense, na tarde de ontem, não resistiu e veio a óbito no hospital. Paulo César Freitas tinha 42 anos e morava em Caxias do Sul (RS).

Segundo populares informaram aos bombeiros, o homem estava em um colchão inflável quando de repente submergiu no meio da lagoa. Após cerca de 30 minutos, a vítima foi encontrada em um poço no meio da lagoa.

“Efetuado o resgate, o homem foi colocado em maca rígida e transportado até a ambulância onde foram realizadas manobras de ressuscitação até a chegada da equipe do Saer, que esperava atrás da Igreja Matriz de Sombrio. Juntamente com a equipe médica do Saer, a vítima foi conduzida ao Hospital Dom Joaquim”, complementou a corporação.

Porém ele não resistiu.