Policiais civis prenderam um homem por um homicídio ocorrido no bairro Perequê, em Porto Belo, litoral Norte de Santa Catarina. A prisão ocorreu na tarde de segunda-feira (29), em Tijucas, por policiais civis do Setor de Capturas da Delegacia de Polícia de Porto Belo. O corpo da vítima, de 50 anos, havia sido encontrado na sexta-feira (26), pela manhã.

A Polícia Civil esteve no local e iniciou as investigações. Foi apurado que a vítima tinha sido ameaçada de morte pelo suspeito e foram ouvidas testemunhas que tinham conhecimento das desavenças.

Policiais apuraram ainda que a vítima, na noite de quinta-feira (25), estava retornando para sua residência, de bicicleta, quando foi alvo de uma tocaia e alvejada com tiros na cabeça e no peito.

Também, que depois do crime o suspeito fugiu de sua residência com a família. Com base nas provas, a Polícia Civil representou-se pela prisão temporária, a qual foi deferida pelo Judiciário.

O suspeito estava escondido na região conhecida como Sem Terra, em Tijucas. O homem, de 37 anos, estava em posse de um revólver calibre .38 municiado e com a numeração suprimida.

Ele também foi preso em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo com numeração suprimida. Após o interrogatório, foi encaminhado ao Presídio Regional de Tijucas.