Um homem de 32 anos foi preso pela Polícia Civil de Garuva, nesta quinta-feira (17), pelo crime de estupro de vulnerável. Ele é acusado de abusar sexualmente da própria sobrinha, de apenas 12 anos.

Segundo a Polícia Civil, os pais da criança denunciaram o caso na quarta-feira (16) na Delegacia. Eles estavam desesperados e contaram que descobriram na noite anterior (15) que o tio vinha praticando abusos sexuais.

De acordo com os relatos da vítima aos pais, o agressor tentou agarrá-la à força naquela data. Ela disse que quando os pais saíam para trabalhar, no período da tarde, o tio vinha até a casa da família, exigia que ela ficasse de calcinha e sutiã, apalpava o seu corpo, tocava seus seios e órgão genital.

Ao saber que o crime foi descoberto, o agressor fugiu para Curitiba, para a casa de sua mãe. Um inquérito foi instaurado e o mandado de prisão preventiva do indiciado foi cumprido neste intervalo.

Quer receber as notícias no WhatsApp? Clique aqui