Passados dois meses da tragédia que vitimou a Chapecoense e chocou o mundo, a Havan se solidariza com o Verdão do Oeste e doa R$ 100 mil para o time de Chapecó. O montante tem como objetivo auxiliar na reconstrução da equipe.  “Aderimos à campanha da RBS TV porque adoramos a cidade e o povo do oeste catarinense”, diz o diretor-presidente da Havan, Luciano Hang. A tragédia da Chapecoense vitimou 77 pessoas, entre atletas, membros da comissão técnica, tripulantes e jornalistas. O avião da Lamia caiu em La Ceja, nas proximidades de Medellín, na Colômbia, no dia 29 de novembro de 2017. A equipe catarinense iria disputar o título da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. Dos atletas, sobreviveram apenas os goleiros Danilo e Jackson Follmann e o lateral Alan Ruschel. Todo o restante morreu na tragédia.