A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) de Santa Catarina informou, em nota de pesar, o falecimento da agente de segurança socioeducativa (ACT) Itiara Hepp da Rosa Araujo, de 36 anos.

Itiara, que estava grávida, trabalhava no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Criciúma. Ela foi alvejada por tiros enquanto estava em um veículo estacionado na Zona Norte de Porto Alegre (RS).

A vítima estava acompanhada do marido, Guilherme Gomes Raya, que também veio a óbito, assim como o bebê.

"As circunstâncias e motivações do crime estão sendo investigadas pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul. A SAP presta suas condolências aos familiares e amigos de Itiara e Guilherme pela irreparável perda e lamenta profundamente o falecimento da servidora", concluiu, em nota, a Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa.

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul