Foto: James Tavares/Secom SC   O Governo do Estado entregou, nesta segunda-feira (24), 50 motocicletas para a Rocam (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas) da Polícia Militar. O ato ocorreu no Centro de Ensino da Polícia Militar de Santa Catarina, em Florianópolis. As motos serão distribuídas entre os batalhões de toda Santa Catarina. Em SC, a Rocam está presente em 70% das unidades da PM. O investimento na compra das motocicletas foi de R$ 1,2 milhão. “Hoje os problemas do trânsito afetam a vida de todos nós e não é diferente na rotina dos policiais, porque uma viatura acaba tendo uma maior dificuldade de chegar até uma ocorrência com os demais veículos.  Com as motos, nós temos condições de vencer esses obstáculos. Por isso, nós temos que investir na frota, com equipamentos mais modernos”, disse o governador Raimundo Colombo. Ainda de acordo com Colombo, a segurança é um setor cada vez mais desafiador, por conta da violência e do tráfico de drogas. “Estamos investindo nos efetivos, na renovação da frota e também na segurança dos policiais, para que a resposta às pessoas seja cada vez mais eficiente”, acrescenta.  “Esse investimento representa não só estímulo ao nosso policial, mas resultado em prol da segurança pública do Estado”, completa o comandante-geral da PM, coronel Paulo Henrique Hemm. Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas A Rocam foi implantada em fevereiro de 2015 pelo Comando Geral da PM com o objetivo de reduzir o tempo de resposta à população no atendimento de ocorrências. O policiamento consiste no emprego de policiais militares devidamente treinados para o uso eficiente e seguro de motocicletas em ações policiais. A Rocam tem como missão apoiar as Unidades Policiais Militares de área nas atividades de policiamento ostensivo, principalmente em áreas com maiores índices de criminalidade, além de atividades de Operações de Polícia Militar de Choque e escoltas motorizadas. Os policiais selecionados para compor a Rocam foram submetidos a longas horas de treinamento de táticas e técnicas policiais, pilotagens de alto risco e moto patrulhamento.