Nesta terça-feira (17), a governadora interina de Santa Catarina, Daniela Reinehr (sem partido), assinou um contrato para criação de uma parceria público-privada (PPP) voltada à construção e operação do complexo penitenciário em Blumenau.

A assinatura do contrato com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) irá atender a uma das pautas apresentadas pelo setor empresarial blumenauense, que é a implantação de todo o complexo penal para concluir as adaptações e obras da Penitenciária Industrial. Com isso, será possível desativar futuramente o atual presídio na rua General Osório, no bairro Água Verde.

 

“Nas últimas duas semanas, autorizamos a realização do contrato entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa, e o BNDES. Nesta segunda (16), recebemos a versão final do documento e estamos assinando hoje (terça-feira) esse compromisso com Blumenau e região, para que o BNDES possa começar a estruturação de projeto”, ressaltou a governadora.

 

O trabalho do BNDES consistirá em realizar a modelagem do projeto de desestatização e a preparação do processo licitatório, a ser realizado pelo Estado, que culminará com a concessão da unidade prisional. O complexo penitenciário terá capacidade para até 600 presos do sexo masculino.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: