Foto: PM/Divulgação
Foto: PM/Divulgação

O governador Carlos Moisés da Silva e o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) e secretário da Segurança Pública, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, anunciaram a abertura de um concurso com 1.000 vagas para o ingresso na carreira da Polícia Militar. Durante a transmissão, feita no início da semana pela internet, eles também comunicaram a prorrogação da Operação Veraneio até o dia 11 de março.

Os dois anúncios foram feitos do gabinete da residência oficial do governador, em Florianópolis. “O ingresso de novos soldados fortalece o efetivo da Polícia Militar e a nossa Segurança Pública como um todo. Já a manutenção da estrutura mobilizada na Operação Veraneio até o carnaval, assegura aos catarinenses e aos visitantes, uma melhor condição de logística, proteção e prevenção, justamente num período em que muitos turistas vêm a Santa Catarina”, anuncia o governador Moisés.

Juntas, as duas medidas, representam um investimento de mais de R$ 5,4 milhões do Governo do Estado. O processo para o lançamento do edital do concurso será conduzido pelo departamento jurídico da PM. O coronel Araújo Gomes destacou que as duas ações são fundamentais para o desempenho da atividade policial, com foco na redução dos índices de violência no Estado.

“Tanto é que o nosso trabalho foi muito bem avaliado durante a Operação Veraneio. Reduzimos a criminalidade durante esse período, e agora, estamos garantindo que o turista que ainda está vindo para Santa Catarina encontre mais segurança”, comenta Araújo Gomes.

Os resultados da Operação Veraneio e toda a força técnica e operacional dedicada à mobilização também visam alavancar o setor do Turismo, que já representa cerca de 13% do PIB catarinense. “Turismo é feito de experiência, se ela for boa, o visitante volta, nesse aspecto, a segurança é fator decisivo na escolha do turista, da mesma forma, em que o morador loca também precisa viver e estar seguro”, enfatiza Moisés.

Quer receber as notícias no WhatsApp?