Ginecologista é preso por abusar de ao menos oito pacientes no Paraná

Foto: Eduardo Montecino/Arquivo OCP News

Por: Pedro Leal

11/03/2024 - 21:03 - Atualizada em: 11/03/2024 - 21:37

Um ginecologista foi preso nesta segunda-feira pelo abuso sexual de pelo menos oito mulheres, pacientes do seu consultório, em Maringá, no norte do Paraná.

As informações são da RPC e do portal G1.

A deputada responsávle pelo caso, Paloma Batista, afirmou que os crimes aconteceram dentro do consultório do profissional, segundo as denúncias recebidas.

Em depoimento, o ginecologista negou as acusações e afirmou que que não ficava sozinho com as pacientes durante as consultas. Ele está preso preventivamente. A polícia não divulgou o nome do acusado.

As vítimas contam outra versão. Segundo a delegada, alas relatam que iam ao médico acompanhadas do marido ou do namorado. Assim que pegavam uma certa confiança, passavam a ir sozinhas. Era aí que o médico dizia que precisava examiná-las. Ele se posicionava atrás e friccionava o órgão genital. Todas afirmam que ouviam uma respiração ofegante dele, afirma Batista.

A delegada explicou que os abusos aconteceram em anos diferentes. Os casos variam de 2011, 2015, 2019, 2022 e 2023.

“Acreditamos que há muito mais vítimas. Em outra ocasião, apreendemos documentos e imagens de câmeras de segurança, que vão passar por perícia”, observou.

A Polícia Civil tem 10 dias para concluir o inquérito.