Gerente de posto passa por cirurgia, mas estado de saúde ainda é considerado grave e inspira cuidados

Por: OCP News Criciúma

02/08/2022 - 20:08 - Atualizada em: 02/08/2022 - 20:16

A gerente do posto Angeloni, da área central de Criciúma, esfaqueada na cabeça por um funcionário recém-suspenso na noite dessa segunda-feira, passou por cirurgia para a retirada da faca, que ficou cravada em sua nuca, mas o estado de saúde ainda é considerado grave e inspira cuidados. Ela está internada no Hospital São José.

O crime

Funcionários informaram aos policiais que a gerente, que havia começado a trabalhar há poucos dias no posto, havia discutido com o autor do crime, devido o descumprimento de regras, por volta de 17h, dado uma suspensão e mandado ele embora. Eles ainda teriam trocado acusações.

Ainda segundo uma funcionária, ele se negou a assinar a suspensão, “bateu o cartão debochando da cara dela” e foi embora.

Por volta das 18h, o criminoso voltou armado com uma faca e desferiu cerca de cinco golpes na nuca da vítima, que estava na pista de abastecimento atendendo um cliente, e fugiu do local em uma Honda Titan, de cor prata.

As polícias, Civil e Científica, também foram mobilizadas. O cabo da faca encontrado no local foi apreendido para perícia. Buscas foram realizadas, mas o autor do crime não foi localizado até então.