Gerente de posto é esfaqueada por funcionário e fica com faca cravada na nuca

Por: Pedro Leal

02/08/2022 - 11:08 - Atualizada em: 02/08/2022 - 12:22

Um frentista de posto de gasolina encontra-se foragido após esfaquear na cabeça a gerente do posto Angeloni, localizado na área central de Criciúma, na tarde desta segunda-feira (1º).

Por volta das 17h desta segunda-feira, ele e a gerente entraram em uma discussão e ele foi suspenso do trabalho.

Quando o socorro chegou, a vítima foi encontrada sentada, em estado de choque, com a faca cravada na nuca, com alguns funcionários do posto prestando os primeiros atendimentos. O cabo da faca, quebrado, estava numa cadeira ao lado.

A guarnição do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou o atendimento preliminar e deslocou com ela até o Hospital São José.

De acordo com a PM, que estava no hospital, a mulher encontra-se em coma induzido, intubada, com ferimentos perfurocortante na região suboccipital (nuca) e com a faca alojada no crânio. Ela foi encaminhada para neurocirurgia.

Colega relata a agressão

Segundo depoimento de uma funcionária do posto, ele se negou a assinar a suspensão, “bateu o cartão debochando da cara dela” e foi embora.

Horas depois, ele voltou e agrediu a funcionária, deixando a faca cravada na cabeça da vítima e fugindo do local.

Por volta das 18h, o criminoso voltou armado com uma faca e desferiu cerca de cinco golpes na nuca da vítima, que estava na pista de abastecimento atendendo um cliente, e fugiu do local em uma Honda Titan, de cor prata.

As polícias Civil e Científica também foram mobilizadas. O cabo da faca encontrado no local foi apreendido para perícia. Buscas foram realizadas, mas o autor do crime não foi localizado.