Um gambá foi recolhido pelos bombeiros no início desta tarde (4), na rua Rua Madre Rosa Antonina Hutnik, no bairro Guarani-Mirim. Uma moradora acionou a corporação depois de encontrar o animal em sua horta. O gambá foi recolhido por volta das 13h15, levado para a corporação e deverá ficar aos cuidados da Polícia Ambiental. Apesar de não ser o principal tipo de ocorrência atendida pelos bombeiros de Massaranduba, nos últimos quatro meses foram realizadas 18 capturas de animais. INFORMAÇÃO Assim como outros animais da fauna nativa, silvestre ou em rota migratória, o gambá é protegido pela Lei de Crimes Ambientais, 9605/98, que em seu artigo 29 proíbe matar, perseguir, caçar, apanhar ou utilizar de qualquer outra forma esses animais sem licença ou autorização da autoridade competente no município. É importante a preservação destes animais porque eles simplesmente estão à procura de alimentos, abrigo, quando escolhem o forro de nossas residências para poder se esconder da ação danosa que o homem pratica contra o meio ambiente. Por outro lado, a presença do gambá é preocupante justamente por conta de sua capacidade reprodução e de transmissão de zoonoses como a raiva, leptospirose e vermes.