GAECO deflagra Operação “Alça de Mira IV” em combate ao comércio ilegal de armas e munições em SC e PR

Fotos: Divulgação MPSC

Por: OCP News Criciúma

09/11/2023 - 15:11

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) iniciou, na manhã desta quinta-feira, com o apoio do GAECO do Ministério Público do Paraná (MPPR), o cumprimento de 90 ordens de busca a apreensão, expedidas pelo juízo da Vara Criminal da Comarca de São Miguel do Oeste.

As buscas ocorrem em 20 cidades de Santa Catarina e em uma no Paraná.

A investigação, conduzida pelas 2ª e 4ª Promotorias de Justiça da Comarca de São Miguel do Oeste, apura a prática dos crimes de comercialização ilegal de armas e posse ilegal de armas e munições. Em sua quarta fase, 90 mandados judiciais de busca e apreensão estão sendo cumpridos por 190 integrantes das forças de segurança pública.

Até o momento, durante a operação deflagrada hoje, 22 pessoas foram presas em flagrante delito.

Alça de Mira

Intitulada “Alça de Mira” a operação chega a sua quarta fase. O nome escolhido faz alusão ao componente/peça de armamento utilizada para direcionar e dar precisão ao disparo, ou seja, mirar. A alça de mira é a parte que fica mais próxima aos olhos do atirador, na traseira de uma arma que, quando alinhada com a maca de mira (parte frontal), direciona o a pontaria do equipamento.

GAECO

O GAECO é uma força-tarefa composta, em Santa Catarina, pelo Ministério Público, pelas Polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Penal, pela Receita Estadual e pelo Corpo de Bombeiros Militar e tem como finalidade a identificação, prevenção e repressão às organizações criminosas.