Os resgates de corujas foram destaques nos últimos 40 dias de trabalho da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama). A equipe de biólogos da fundação foi chamada para recolher quatro aves, todas no perímetro urbano de Jaraguá do Sul.

De acordo com o chefe de Educação Ambiental, Christian Raboch Lempek, na última terça-feira (17), foi solto o filhote de coruja-de-orelha, resgatado no bairro Ribeirão Cavalo, no dia 22 de junho, por um motorista depois que a ave bateu contra um veículo.

Já no dia 2 de julho, chegou à equipe uma murucututu-de-barriga-amarela, que havia colidido contra algum objeto fixo, possivelmente o vidro de alguma janela ou de um jardim. Este se recuperou rapidamente e foi solto dois dias depois.

Nos últimos 40 dias, foram resgatados dois filhotes de coruja-de-igreja encontradas em empresas. Uma delas, no começo de junho, mas acabou morrendo por não conseguir se alimentar sozinha e estava ferida pela queda do ninho. A outra resgatada em condições semelhantes está sob os cuidados da equipe e se recupera bem.

Por fim, no último dia 18 de julho, uma coruja-buraqueira foi encontrada numa empresa de veículos na Vila Baependi. Retirada do local, ela foi avaliada e solta no mesmo dia.

Quer receber as notícias de segurança no Whatsapp? Basta clicar aqui