Um clima de dor e comoção marca o velório das timas da chacina ocorrida em Saudades, cidade com cerca de 10 mil habitantes no Oeste de Santa Catarina.

As duas mulheres e as três crianças estão sendo veladas coletivamente na manhã desta quarta-feira (5).

Centenas de pessoas prestaram homenagens com cartazes e flores para as vítimas no Módulo Esportivo de Saudades, no Parque de Exposições Theobaldo Hermes.

 

 

Uma missa de corpo presente está sendo celebrada pelo bispo Dom Odelir José Magri, da Diocese de Chapecó, e pelo padre Armando Grützmann.

As três crianças e as duas funcionárias da creche foram mortas com golpes de arma branca por Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, na manhã desta terça-feira (4).

Foto: Rodrigo Kroth

Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses; e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses; não resistiram aos graves ferimentos e morreram.

Foto: Rodrigo Kroth

As outras duas vítimas são a Keli Adriane Anieceviski, de 29 anos, e a agente educacional Mirla Renner, de 20.