Forças Armadas sofrem denúncias de assédio sexual

Foto: Imagem ilustrativa/Pixabay

Por: Elisângela Pezzutti

11/07/2023 - 12:07 - Atualizada em: 11/07/2023 - 12:34

Nos últimos anos, militares das Forças Armadas têm enfrentado uma série de acusações de assédio e importunação sexual dentro de suas unidades pelo Brasil.

Um levantamento realizado pela Folha de S. Paulo aponta que de 2018 para cá, foram registradas 56 ações penais referentes a casos de assédio a praças e oficiais.

A maioria dos casos relatados é referente a militares mulheres que sofrem os abusos, tais como toques inadequados, ataques físicos diretos e até mordidas no pescoço.

No ano passado foram 29 denúncias, uma média de 3 casos a cada 2 meses, sem contar as investigações em andamento ou episódios mantidos em sigilo pelas vítimas.

Conscientização

Segundo a procuradora Najla Nassif Palma, ouvidora da Mulher do Ministério Público Militar, o aumento no número de denúncias está ligado à conscientização das mulheres sobre esses abusos e o aumento na confiança sobre os processos de investigação.

“Será que os casos estão ocorrendo mais frequentemente do que no passado? Na minha percepção, não. Acredito que no passado havia uma realidade oculta que não era revelada”, declarou a procuradora.

Notícias no celular

Whatsapp