Neste sábado, uma força-tarefa entre o Serviço Aeropolicial (Saer) da Polícia Civil, Serviço Aeromédico (SaraSul), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Aviação da PMSC realizou o atendimento de um recém-nascido de apenas três dias de vida.

A equipe do SaraSul transferiu, de Araranguá para Joinville, o bebê que necessita de cuidados especializados em cardiologia por conta de um caso de coarctação de aorta.

O caso poderia instabilizar a qualquer momento devido à gravidade do quadro do paciente, razão pela qual foi solicitado o avião da PMSC, visto ser mais estável e não ter tanta vibração como um helicóptero.

A transferência foi um sucesso e a criança já está em tratamento especializado na cidade de Joinville.