A Polícia Militar foi chamada até a Rua Hermínio Stringari, na Corticeira, em Guaramirim, por volta das 20h43 desta quarta-feira (25), onde uma mulher de 30 anos relatou ter sido atacada com golpes de faca.

Segundo o registro policial, ela disse que o fato ocorreu após um conflito entre vizinhos e foi conduzida até o Hospital de Guaramirim para atendimento médico.

A suposta autora do ataque, uma mulher de 43 anos, alega que entrou em vias de fato com sua vizinha, por causa de fofocas que ocorreram no condomínio, mas nega a autoria da facada. Ela disse que quem proferiu o golpe foi seu filho de 14 anos. Mais duas testemunhas confirmam essa versão.

Outra testemunha, de 40 anos, alega que presenciou o fato e que a autora da facada foi realmente a mãe do adolescente.

Diante dos fatos, o Conselho Tutelar foi acionado e as partes conduzidas para a Delegacia de Polícia Civil.

O caso foi registrado pela Polícia Militar como tentativa de homicídio.