Projeto pretende agilizar os procedimentos operacionais em ocorrências de trânsito | Foto: Fábio Junkes/OCP News
Projeto pretende agilizar os procedimentos operacionais em ocorrências de trânsito | Foto: Fábio Junkes/OCP News

O presidente do Tribunal de Justila de Santa Catarina (TJSC), desembargador Rodrigo Collaço; e o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) e atual secretário de Segurança Pública do Estado (SSP), participaram nesta segunda-feira (11) de reunião sobre o “Projeto da PMSC JET” (Justiça Estadual de Trânsito).

Na tarde desta segunda-feira, 11, o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) e atual secretário de Segurança Pública do Estado (SSP), coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, participou de uma reunião sobre a criação do “Projeto da PMSC JET” (Justiça Estadual de Trânsito).

Reunião tratou da criação do “Projeto da PMSC JET” | Foto Divulgação

O ato contou com ainda com a presença da desembargadora Janice Goulart Garcia Ubialli; da Juíza Lilian Telles de Sá Vieira; da juíza auxiliar Carolina Ranzolin Nerbass Fretta e do major PM Joamir Rogerio Campos.

“A ideia inicial é colocar o sistema piloto para teste no município de Florianópolis, e, posteriormente, espalhar o PMSC JET por todo o Estado”, comenta o major PM Joamir Rogerio Campos.

No encontro, foram apresentados os principais pontos do projeto, que pretende agilizar os procedimentos operacionais no tocante as ocorrências de trânsito, evitando assim, gastos desnecessários por parte das instituições públicas.

“Queremos que a regra em ocorrências de trânsito seja a conciliação entre os envolvidos, e a exceção, a judicialização”, pontua o coronel Araújo Gomes sore a idealização do projeto. “Estamos construindo um Estado diferente, queremos o melhor não são para o cidadão, mas também para os agentes envolvidos com o tema”, finaliza o comandante-geral.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?