Na tarde desta quinta-feira, policiais civis e militares de Criciúma, coordenados pelo delegado Ari José Soto Riva, e sua equipe da 2ª DP, deflagraram a Operação Flashover.

O objetivo foi cumprir oito mandados de busca e apreensão em "ferros velhos", localizados nos bairros Paraíso, Tereza Cristina, São Sebastião, Boa Vista, São Luiz e no Distrito de Rio Maina. Em três locais foram apreendidos cabos de energia subtraídos, bem como drogas e valores em espécie.

Duas pessoas foram presas em flagrante e autuadas pelos crimes de tráfico e receptação qualificada, sendo recolhidas ao presídio.

Cinco pessoas foram identificadas na posse de cabos de energia subtraídos e todas deverão responder pelos crimes de receptação qualificada.

Segundo a Policia Civil, a operação ocorreu em razão do aumento notável, nos últimos meses, dos índices de furtos de cabos de energia na região do bairro Pinheirinho e contou com a participação de mais de 50 policiais. Também participaram em apoio à operação, o Serviço Aeropolicial da Polícia Civil (Saer) e representantes da Defesa Civil Municipal e da Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A, a Celesc.

O nome "Flashover", que em português significa descarga elétrica, é o fenômeno que acontece quando um circuito energizado é rompido (popular clarão).