Segue repercutindo - e de forma bastante negativa -, a festa realizada no último sábado, em um galpão no bairro Morro Estevão, em Criciúma, organizada por acadêmicos do curso de Medicina da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc).

A Polícia Militar foi acionada, mas quando a guarnição chegou ao local, o evento, que reuniu cerca de 70 pessoas, aparentemente já havia encerrado, porém foi possível constatar quem o organizou.

Além das diversas manifestações nas redes sociais, a Unesc repudiou a atitude, em plena pandemia de Covid-19.

“A Unesc reitera que não compactua com práticas que apresentam falta de responsabilidade com a vida, absoluto descaso com a situação vivida em decorrência de uma pandemia e contradição com valores e princípios defendidos”.

A Atlética Medicina Unesc também emitiu nota de repúdio.

Desde já, pedimos desculpas a todas essas pessoas, por mais uma festa clandestina que -infelizmente- ocorreu. Nós somos representantes do futuro da saúde e o ato de ontem foi infeliz, irresponsável e imprudente. As medidas cabíveis serão tomadas!”.

Confira na íntegra as manifestações: