A greve dos caminhoneiros que terminou no início do feriadão de Corpus Christi culminou na redução de movimento nas estradas e consequente queda no número de acidentes, uma vez que boa parte dos motoristas ficou sem combustível.

De acordo com levantamento da Polícia Rodoviária Federal, as tragédias decorrentes do trânsito reduziram pela metade se comparado ao mesmo período do ano passado. Os acidentes caíram 46,9% (de 143 em 2017 para 76 em 2018), o número de feridos reduziu 51,3% (de 150 em 2017 para 73 em 2018), e o número de mortes diminuiu 57,1% (de 7 em 2017 para 3 em 2018).

Além disso, o efetivo da PRF já estava concentrado nas principais rodovias em função das manifestações dos caminhoneiros, o que colaborou para a fiscalização.

Dos três acidentes fatais, dois foram atropelamentos: um em Joaçaba (BR-282) e outro em Palhoça (BR-101). O terceiro acidente com morte foi decorrente de uma colisão frontal entre um carro e um caminhão, em São Bento do Sul (BR-280).

Durante a operação, a PRF apreendeu mais de 11 quilos de cocaína em Chapecó, 96 quilos de maconha em Barra Velha e comprimidos de drogas sintéticas em Joinville. Na fiscalização de trânsito, os radares registraram mais de 4,2 mil imagens de veículos acima da velocidade permitida, e pelo menos 1,5 mil motoristas foram autuados por infrações diversas, sendo 42 por dirigir alcoolizado. Três condutores foram presos pelo crime de embriaguez ao volante.

Quer receber as notícias no WhatsApp?

Região de Jaraguá do Sul - Clique aqui

Região de Joinville - Clique aqui

Região de Florianópolis - Clique aqui