Como nem todos os órgão consideram esta quinta-feira (29) como ponto facultativo, o movimento nas rodovias deve ser bem distribuído até o fim de semana. Quem ganhou um dia a mais de folga aproveitou para pegar a estrada logo cedo. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o fluxo de veículos já aumento 30% nesta quinta-feira comparado aos dias normais e deve manter a média durante a noite e a sexta-feira santa (30). LEIA MAIS: Operação Semana Santa contará com restrição de veículos nas rodovias de SC Até o meio da tarde, a PRF havia registrado apenas acidentes simples e sem vítimas nas rodovias federais. A expectativa é de que a violência no trânsito se mantenha em queda no período de quatro dias do feriadão de Páscoa, como ocorreu nos últimos dois anos, quando houve redução de 34,7% no número de acidentes (de 236 em 2015 para 154 em 2017) e queda de 44,4% no número de mortes (de 9 em 2015 para 5 em 2017). Apesar dos números, o inspetor da PRF Adriano Fiamoncini, faz um alerta para a previsão de tempo chuvoso, em especial nas rodovias de pista simples. "As mortes ocorrem mais nas rodovias de pista simples do interior, como a BR-282 e a 470. Quero dizer para as pessoas que não vale a pena ganhar cinco minutos de viagem e acabar se arriscando a sofrer uma colisão frontal. Saiam com paciência e mais cedo para não registrarmos mais mortes no trânsito", ressaltou o policial.
Fiscalização na BR-101 (Foto: PRF)
A maior preocupação das polícias rodoviárias é com a volta para casa no domingo à tarde. Há previsão de congestionamento principalmente na BR-101, em Florianópolis, Balneário Camboriú e Joinville; na BR-470, em Blumenau, na BR-280, em São Francisco do Sul, e em vários pontos da BR-282. "Embora a saída para o feriado seja espalhada, no retorno, todos voltam juntos. Então, pedimos para que as pessoas voltem no domingo pela manhã ou comprem uma água, façam um lanche e tenham paciência, pois o trânsito será intenso após o almoço", destacou Fiamoncini. A PRF estima que o movimento no domingo será 100% maior do que em dias normais.