Os dois arco-íris que apareceram no céu de Jaraguá do Sul no fim da tarde desta sexta-feira intrigaram moradores da cidade.
O 'fenômeno raro' foi observado às 16h50 por um morador da Rua Olivio Domingos Brugnago, no bairro Vila Nova, em Jaraguá do Sul.  Paulino Duarte achou o fenômeno bonito e resolveu fotografar. Ele conta que faz tempo que não via um arco-íris duplo.
Em uma reportagem no O Globo, o físico Rodrigo da Silva, professor da Uerj, afirmou que o fenômeno precisa de condições atmosféricas especiais para acontecer. "O arco-íris precisa de luz e gotículas de água espalhadas pela atmosfera, e por isso, é comum após chuvas. Essas gotículas têm uma forma esférica, e refrata a luz como se fosse um prisma. Esse é o arco-íris que estamos habituados. Para o segundo aparecer, a luz precisa encontrar uma gota maior. Assim, ela vai ser refratada duas vezes. O segundo arco-íris acaba tendo as cores invertidas e aparência mais fraca, porque é resultado dessa segunda refração. É um fenômeno raro. E, às vezes, acontece mas ninguém percebe, de tão fraco que é".
Confira as imagens feitas em Jaraguá do Sul:
Fotos:  Paulino Duarte