2018 já registra alta de 150% no número de casos de Farra do Boi no Estado. Segundo a Polícia Militar, entre janeiro e abril deste ano, foram 117 ocorrências registradas e 27 confirmadas. 14 farristas presos e 21 animais resgatados até agora. No mesmo período de 2017, nenhuma prisão havia sido registrada e três animais resgatados. 59 ocorrências por farra do boi e 11 confirmadas. O que representa a alta de 150% na comparação com este ano, em Santa Catarina. O caso mais recente em Florianópolis foi no Rio Tavares, este fim de semana. No domingo (01), Polícia Militar, Choque e o helicóptero Águia cercaram farristas próximo à Igreja de Pedra, na rodovia Doutor Antônio Luiz Moura Gonzaga e foram recebidos com rojões pelos envolvidos. Ninguém foi preso no confronto, mas as equipes conseguiram resgatar um animal, encaminhado para a Associação Catarinense de Proteção aos Animais, Acapra. Esse foi o sexto caso de confronto entre policiais e farristas registrados em ação da PM. Em Governador Celso Ramos, um homem de 37 anos ficou gravemente ferido durante uma Farra do Boi e morreu no hospital, depois de quase duas semanas internado. A Farra do Boi é crime, com pena prevista na lei federal de três meses a um ano de detenção e multa.