Uma família  esteve por volta das 17h desta segunda-feira (12) no Instituto Médico Legal (IML) de Joinville para a possível identificação da terceira pessoa que morreu na queda do helicóptero sequestrado.
Segundo informações, eles não tinham nenhum prontuário de dentista. Assim, o IML fez a coleta de DNA que será encaminhado ainda nesta semana para a análise no laboratório do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Florianópolis.
Quer receber as notícias do Jornal de Joinville? Basta clicar aqui
Como já citado em reportagens anteriores, o corpo do homem está carbonizado e a identificação só é possível através de exame de DNA ou arcada dentária. O resultado do laudo pode demorar dias para ser divulgado.
LEIA MAIS:
- Corpos de duas vítimas de queda de helicóptero são liberados no IML de Joinville