A família de Anselmo Ullmann, de 28 anos, desaparecido desde o último domingo (16), busca informações sobre seu paradeiro.

Ele saiu de casa, na Estrada Rio Quati, em Guaramirim, sem que ninguém visse e deixou um bilhete, dizendo que iria trabalhar com alguém chamado Tiago. 

Segundo a irmã de Anselmo, Lucinéia, no domingo ela foi almoçar com os pais e o irmão comentou que iria trabalhar com o Tiago.

“Meu pai disse que não, porque eram só dois dias de trabalho e ficou por aquilo. Aí meu pai saiu de casa à tarde para ir num aniversário e quando voltou meu irmão não estava mais”, revela. 

Na segunda-feira (17), outro irmão ligou para Lucinéia para avisar que Anselmo havia desaparecido.

“Eu mandei zap [mensagem por Whatsapp] pra ele [Anselmo] e ele visualizou e não respondeu. A última vez que ele olhou o zap foi segunda-feira, às 8h06 da manhã”, explica.

Depois, a família não teve mais notícias do jovem. A irmã afirma que contatou conhecidos para saber do paradeiro de Anselmo, que é diabético e hipertenso, mas ninguém o viu.

“O destino, até onde a gente sabe, é Joinville. É só isso que a gente sabe. A gente já fez boletim de ocorrência e não sabe mais onde procurar”, enfatiza, salientando que os pais estão desesperados. 

Anselmo está desempregado e morando com os pais, em Guaramirim. No bilhete, ele diz que vai trabalhar só essa vez com Tiago, porque está precisando, e que um dinheiro estaria para entrar na sexta, com o qual pagaria pensão. 

Informações sobre o caso podem ser repassadas a Lucinéia, pelo número (47) 99154-4401. 

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?