A costureira Márcia Cleia Souza trabalhava em uma das casas do terreno que divide com a mãe e o irmão no bairro Centro Norte, em Schroeder quando por volta das 17h ouviu “estralos” vindos da sua casa, que fica nos fundos. “Eu estava na casa da frente, daí ouvi estralando, mas olhei e não tinha nada. Continuei costurando e quando nós voltamos pra casa, já estava pegando fogo em tudo”, conta.

Quer receber as notícias no WhatsApp? Clique aqui

A casa, de madeira, foi completamente tomada e destruída pelas chamas em pouco tempo. A costureira de 29 anos que vivia na casa com os dois filhos, um menino de 12 anos e uma menina de sete, não conseguiu sequer salvar os documentos. “Queimou tudo, tudo. Não sobrou nada, nem meus documentos, roupa, nada”, lamenta.

O filho mais velho havia saído com a avó e a filha a acompanhava durante o trabalho de costura. Com três quartos, sala e cozinha de madeira, não foi possível salvar nada. Somente o banheiro e lavanderia eram de alvenaria, conta Márcia que ainda não sabe muito bem como começar a reconstruir a casa. “Não tenho nem cabeça pra pensar, mas vou posar na mãe hoje”, disse no começo da noite, quando a casa já havia virado apenas um monte de cinzas.

Nem os documentos da mãe e dos dois filhos conseguiram ser salvos. Foto: Fábio Junkes/Rede OCP News

Os bombeiros foram acionados por volta das 17h para atender a ocorrência na rua Maravilha e, de acordo com os Bombeiros Voluntários de Schroeder, ainda não há como afirmar a causa do incêndio, mas a suspeita inicial é de que as chamas tenham sido provocadas por curto circuito. O laudo irá apontar com precisão a causa e onde o fogo iniciou.

Além da equipe do Corpo de Bombeiros de Schroeder, as equipes de Jaraguá do Sul e Guaramirim auxiliaram nos trabalhos. Ainda segundo os bombeiros, foram necessários 14 mil litros de água para combater o incêndio que durou cerca de duas horas.

A família, que perdeu tudo no incêndio, disponibilizou um telefone para quem quiser colaborar na reconstrução da casa e dos pertences: (47) 9 8809-8018.