Família do tráfico é presa durante operação em Guaramirim

Foto: Polícia Civil/Divulgação

Por: Claudio Costa

08/10/2022 - 07:10 - Atualizada em: 08/10/2022 - 07:24

As polícias Civil e Militar deflagraram a operação Pontedeume em Guaramirim.

O objetivo da ação foi desarticular uma organização criminosa que agia no tráfico de drogas no bairro Corticeira.

A ação deflagrada na quinta (6) e sexta-feira (7) resultou na prisão de três pessoas da mesma família, além da apreensão de dois adolescentes.

O delegado titular da Delegacia de Polícia da Comarca de Guaramirim, Augusto Brandão, destaca que a operação ocorreu após cerca de quatro meses de investigação.

Policiais civis e militares realizaram diligências que culminaram na identificação dos integrantes envolvidos com o tráfico de drogas.

Segundo Brandão, investigação durou cerca de quatro meses | Foto: Fábio Junkes/OCP News

A apreensão de um adolescente com drogas foi o ponto de partida para a operação.

Com a extração de dados do celular do menor foi possível identificar uma rede de tráfico de drogas e o líder do esquema.

Brandão destaca que ele fornecia drogas para o menor vender em uma biqueira na Corticeira.

“Os pais do líder do esquema também participavam ativamente do tráfico de drogas. Eles recebiam valores dos usuários de drogas através de Pix e transferências bancárias. O adolescente pedia que o dinheiro fosse depositado tanto na conta do chefe quanto nos pais dele. Os comprovantes dos pagamentos enviados apareceram nos relatórios”, comenta Brandão.

“Nas diligências feitas pelos policiais civis e militares, foi possível identificar um dos alvos parando veículos para vender drogas, atividade típica do tráfico. Também foi observada uma grande movimentação na residência dos investigados e na biqueira. Nós pedimos a prisão preventiva contra o líder da quadrilha e os pais. Os pedidos foram deferidos pelo Poder Judiciário e o cumprimento foi realizado na quinta-feira”, completa o delegado.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão na residência dos pais, foram apreendidos R$ 6,8 mil, 632 gramas de maconha, 10 munições calibre .38, uma balança de precisão, três celulares e um relógio.

Na residência utilizada como biqueira pelo líder da quadrilha, foram encontrados 93 buchas de crack, 32 buchas de cocaína e R$ 1,8 mil em dinheiro.

Um segundo menor foi apreendido em flagrante por tráfico de drogas.

“O líder da quadrilha e os pais dele também respondem no inquérito pelo crime corrupção de menores. Eles estão sempre aliciando esses menores para trabalhar na venda de drogas. Com isso, eles tentavam se safar da polícia e evitar responder criminalmente por tráfico”, finaliza.

O nome da operação faz referência a uma cidade na Espanha, onde o nome da família investigada surgiu.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito , ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança