Policiais civis da 1ª Delegacia de Polícia de Criciúma, acompanhados de policiais de Balneário Rincão, deram cumprimento a mandados de busca e apreensão em residências pertencentes a membros de uma família, pela suspeita da prática de inúmeros crimes de estelionato praticados na região.

Foi realizada a apreensão de diversos objetos, como móveis, eletrodomésticos, aparelhos eletrônicos, materiais de construção, etc., que resultou na remoção de duas cargas de caminhão completas, além de talonários de cheques, documentos, cartões de crédito diversos utilizados para a prática dos ilícitos, dentre outros.

Na oportunidade também foi apreendido um revólver calibre .38, municiado com cinco cartuchos, que ensejou a prisão em flagrante de um homem, pela prática do delito de posse ilegal de arma, tendo o procedimento sido lavrado em Criciúma.

Parte do material apreendido já foi entregue a uma das vítimas e o restante foi levado e depositado na Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Criciúma, onde está sendo inventariado, para as diligências complementares de identificação de vítimas e formalização de entregas.

Segundo a Polícia Civil, o "modus operandi" da família criminosa consistia em realizar compras pagando uma pequena entrada e o restante parcelado por meio de cheques que, posteriormente, quando cobrados, não tinham provisão de fundos.

"Foi demonstrado cabalmente ao Juízo da Comarca que, no caso em investigação, os autores já realizavam as compras com a intenção de não pagar qualquer das parcelas seguintes, descaracterizando a falsa ótica de um suposto descumprimento contratual, uma vez que agiam ardilosamente, com o único objetivo de obter vantagem indevida", concluiu a Polícia Civil.