A família de um idoso de 85 anos contesta a versão de que ele teria aliciado uma menina de oito anos em Guaramirim.

O caso ocorreu nesta segunda-feira (9), na rua Bela Vista, no bairro Recanto Feliz. De acordo com os parentes, o suspeito não teve a intenção de abusar da criança.

 

 

Segundo revelou a filha do suspeito, a dona de casa Teresa Sampaio, 63 anos, a família tem como costume cumprimentar e beijar as crianças.

Logo, o idoso não teve a intenção de abusar da criança. Teresa afirma que o pai tem demência e problemas para se locomover.

“Ela estava voltando da escola, disse adeus e ele deu um beijo no rosto da menina. Eles acusaram o meu pai de assédio, mas isso não aconteceu. Desde pequeno, ele cumprimenta os netos e as crianças da vila desse jeito”, comenta.

A versão de que o idoso tentou levar a criança também foi rebatida pela família. Teresa ressalta que uma irmã estava dentro da residência no momento do ocorrido e que outros parentes estavam próximos.

A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar por volta das 15h30. Uma mulher ligou para o número 190 e informou que o idoso abordou a filha quando voltava para casa.

A criança disse para a mãe que o idoso fez algumas perguntas e que beijou o seu rosto.

Depois, afirmou que ele abraçou a sua cintura e a convidou para entrar em casa. Neste momento, a menina fugiu e contou tudo para a mãe.

O suposto assediador foi preso e levado para a Delegacia de Polícia Civil.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):