A família de Paola Aparecida da Silva, 15 anos, procura pela adolescente desde segunda-feira (13), em Joinville. A mãe, Alessandra da Silva, mora em Penha e conta que a filha está vivendo com os avós no bairro Petrópolis, onde faz um curso. Paola estuda durante a tarde, no primeiro ano da escola Professora Gertrudes Benta Costa. “Ela saiu de casa às 13 horas. O avô dela estava na frente de casa, daí parou um carro. Ela disse que era um Uber e foi pra escola, Mas não deu pra identificar. Ela não apareceu no colégio, sumiu do mapa”, contou Alessandra. A família não tem pistas sobre o paradeiro de Paola, já que o comportamento recente dela era normal. “Ela não se comunicou com ninguém nas últimas horas. Ela tem celular, tentamos contato, rastrear e pesquisar onde estava. Fizemos um grupo para ver se localizamos ela, mas nada até o momento. É a primeira vez que ela desaparece”, contou a mãe, que relatou o fato da filha ser estudiosa. “Ela estava fazendo curso de administração. O sonho dela é ser advogada. Mora com os avós há 4 meses, pois lá em Penha não temos muitas opções de estudo e curso. Então, ela veio para Joinville para estudar”, disse Alessandra, que agora está em Joinville para ajudar nas buscas. Um boletim de ocorrência já foi registrado na Delegacia de Polícia Civil. Qualquer informação que ajude na localização de Paola pode ser repassada no telefone 190 da Polícia Militar. Reportagem de Gabriel Júnior para o Jornal de Joinville.