Desde a noite de segunda-feira, quando foi alvejado por assaltantes, o soldado da Polícia Militar de Criciúma, Jeferson Luiz Esmeraldino, de 32 anos, vem lutando pela vida na UTI do Hospital São João Batista.

Segundo colegas da corporação, as notícias são boas em relação ao quadro de saúde do militar nesta quinta-feira.

"A febre diminuiu, mostrando que o antibiótico está fazendo efeito. A pressão arterial dele continua boa, mesmo diminuindo a medicação. O rim voltou a trabalhar e ele já está urinando. Agora é um passo por vez. As 48 horas o guerreiro já venceu”, comunicaram os colegas de farda. “Continuem orando”, pediram.

O militar foi baleado, na região do abdômen, quando se deslocava ao 9º Batalhão, no exato momento em que a quadrilha, que sitiou a cidade para assaltar a agência do Banco do Brasil, na área central, alvejava a sede militar.

Doações já são suficientes

O 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Criciúma informou que as doações de sangue realizadas nos hemocentros, em nome do soldado, já são suficientes.

“A PMSC agradece a todos. Lembramos ainda que, independente de fazermos a doação ao soldado Esmeraldino é importante, que se mantenha a regularidade durante o ano, com agendamento de horário no HEMOSC de sua cidade”, sugeriu a corporação.

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul