Em novo estudo divulgado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) divulgado nesta segunda-feira (5), Jaraguá do Sul novamente figura entre as cidades mais seguras do Brasil e lidera o ranking quando o assunto é Santa Catarina.

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) analisou 310 municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes em 2017 e fez um recorte regionalizado da violência no país.

O Atlas da Violência – Retrato dos Municípios Brasileiros 2019, elaborado em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostra que houve um crescimento das mortes nas regiões Norte e Nordeste influenciado, principalmente, pela guerra do narcotráfico, a rota do fluxo das drogas e o mercado ilícito de madeira e mogno nas zonas rurais.

O estudo identifica uma heterogeneidade na prevalência da violência letal nos municípios e revela que há diferenças enormes entre as condições de desenvolvimento humano nos municípios mais e menos violentos.

O município mais violento do Brasil, com mais de 100 mil habitantes, é Maracanaú, no Ceará. Em segundo lugar está Altamira, no Pará, seguida de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte.

O levantamento apontou que, entre os municípios com mais de 100 mil habitantes, Jaú é cidade menos violenta, seguida de Indaiatuba e Valinhos, todas em São Paulo.

Em quarto lugar, aparece Jaraguá do Sul, que já foi destaque como primeiro lugar há três anos com um homicídio na época, tendo no último período da pesquisa cinco.

As 10 cidades com maiores taxas de homicídios por 100 mil habitantes:

  1. Maracanaú (CE) – 145,7
  2. Altamira (PA) – 133,7
  3. São Gonçalo do Amarante (RN) – 131,2
  4. Simões Filho (BA) – 119,9
  5. Queimados (RJ) – 115,6
  6. Alvorada (RS) – 112,6
  7. Marituba (PA) – 100,1
  8. Porto Seguro (BA) – 101,6
  9. Lauro de Freitas (BA) – 99,0
  10. Camaçari (BA) – 98,1

As 10 cidades com menores taxas de homicídios:

  1. Jaú (SP) – 2,7
  2. Indaiatuba (SP) – 3,5
  3. Valinhos (SP) – 4,7
  4. Jaraguá do Sul (SC) – 5,5
  5. Brusque (SC) – 5,8
  6. Jundiaí (SP) – 6,1
  7. Limeira (SP) – 7,7
  8. Americana (SP) – 7,7
  9. Bragança Paulista (SP) – 7,7
  10. Santos (SP) – 7,8

Resumo de SC

Se no ranking nacional Jaraguá está em quarto, em Santa Catarina ocupa a liderança da tabela, com o título de cidade mais segura do Estado, seguida por Brusque. Apesar de Santa Catarina ser um dos estados mais pacíficos, a taxa de homicídios em Florianópolis aumentou 70%, de 2016 para 2017.

Por outro lado, houve diminuição das mortes em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, onde há uma boa organização policial e a solução de homicídios é maior do que no resto do país.

 

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger