Estado tem ao menos 13 rodovias interditadas neste sábado

Foto: Dnit/Divulgação

Por: Pedro Leal

18/11/2023 - 15:11 - Atualizada em: 18/11/2023 - 15:15

Santa Catarina tem ao menos 13 trechos totalmente interditados segundo os boletins mais atualizados da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e PMRv/SC (Polícia Militar Rodoviária).

Com fortes chuvas desde quinta-feira, o estado registrou deslizamentos, movimentações de terra, quedas de barreira e inundações. No sábado, as tempestades registram maior intensidade no Oeste, Vale e Alto Vale do Itajaí.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) contabilizou cinco trechos totalmente interditados e três parcialmente bloqueados até o meio-dia, nas BRs 470, 116, 282 e 280.

BR-470

  • kms 133, em Rio do Sul: interdição total por alagamento;
  • kms 136, 143/144, em Rio do Sul: interdição parcial
  • km 148-150, em Agronômica: interdição total;
  • km 154, em Agronômica: interdição parcial;
  • km 188, em Pouso Redondo: interdição total;
  • km 204, em Ponte Alta: interdição total após queda de barreira; e
  • km 239, em Curitibanos: Siga e Pare devido a rachaduras na pista.

BR-116

  • km 206,9, em Ponte Alta: interdição total;

BR-282

  • km 145,0, em Bom retiro: meia pista em razão do acúmulo de água sobre a rodovia, numa curva.

BR-280

  • km 98, 101, 102 e 105, na Serra de Corupá:- Pare e Siga para apoio a obras emergenciais.

Interdições nas rodovias estaduais de SC

Os seguintes oito trechos em sete rodovias distintas estão totalmente interditados na manhã deste sábado (18), de acordo com a PMRv (Polícia Militar Rodoviária).

  • SC-370, em Urupema: interditada devido a deslizamento de terra;
  • SC-155, em Seara: bloqueio por conta de obstrução de bueiro e colapso da pista;
  • SC-390, em Peritiba: colpaso de pista;
  • SC-283, em São Carlos: alagamento;
  • SC-408, em Major Gercino: queda de barreira;
  • SC-110, em Urubici: adensamento de pista;
  • SC-390, em Lauro Muller: erosão do borda da ciclovia; e
  • Acesso a Mirim Doce – Pouso Redondo: interdição devido a rompimento do corpo de aterro.

Rio do Sul voltou a decretar estado de calamidade, e Taió, Agrolândia e Pouso Redondo registraram enchentes.

Pelo menos três mortes foram registradas – na quinta-feira, duas mulheres ficaram presas em um carro em Taió e foram levadas pela correnteza.

O tempo instável persiste neste sábado, com previsão de tempestades severas em praticamente todas as regiões. Conforme o alerta, as regiões do Meio-Oeste, Serra e Sul terão temporais isolados com raios, rajadas de vento e granizo.

Esta é a sexta onda de chuva volumosa que os catarinenses enfrentam em um mês e meio. Além disso, o nível do rio Itajaí-açu deve aumentar e inundar gradualmente os municípios de Brusque e Itajaí, mesmo sem presença de chuva forte.

O Corpo de Bombeiro Militar enviou relatório informando 1200 ocorrências em todo o Estado.