Foto: Cláudio Costa/OCP Com o estímulo a práticas mais sustentáveis, a Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Jaraguá do Sul conseguiu fazer com que as escolas estaduais da microrregião alcançassem uma economia de R$ 45 mil em um período de três meses. Nesta quinta-feira (6), as unidades que apresentaram maior redução de despesas entre os meses de setembro e novembro do ano passado, na comparação com o mesmo período de 2015, foram premiadas pela campanha “Minha escola + consciente”. Com uma redução de R$ 5.155,47 no orçamento, a escola básica Elza Granzotto Ferraz, de Jaraguá do Sul, ficou com o primeiro lugar. Conforme o diretor Aldomiro Versino de Borba, a escola já vinha promovendo ações que traziam economia, como manter as luzes apagadas durante o dia, aproveitando melhor a luz do sol. ana paula “Aos poucos, professores e alunos foram se conscientizando cada vez mais, desligando ventiladores e aparelhos de ar condicionado que não estivessem sendo usados, por exemplo. Todo o pouquinho que cada um fez teve como resultado essa diferença total”, destaca. Ele afirma que não esperava que a escola fosse vencedora, mas destaca que a economia fez toda a diferença. A escola recebeu como prêmio três computadores, a segunda colocada, dois e a terceira, um. As quatro unidades com menor custo de manutenção por aluno também ganharam um computador cada. Das 29 participantes, 26 escolas conseguiram reduzir despesas. Resultados devem ser levados adiante Para chegar ao resultado e definir as campeãs, foram calculados os gastos com água, energia elétrica, fotocópias e impressões. Conforme a gerente regional de Educação, Cristiana Poltronieri Ziehlsdorff, os resultados foram surpreendentes e muito positivos, estabelecendo um ritmo de trabalho de cooperação que contou com a ajuda de toda a comunidade escolar. De acordo com levantamento da ADR, se as ações fossem mantidas ao longo do ano a economia chegaria a R$ 180 mil. “Acreditamos que daqui para frente os dados colhidos durante esse período serão ainda melhores. Vamos levar esses resultados aos nossos alunos para que eles vejam o quanto podemos nos beneficiar com aquilo que é tão prático e possível de fazer dentro da escola, como desligar uma lâmpada, não deixar um monitor ligado sem necessidade, fechar o registro de água nos fins de semana, coisas pequenas, mas de grande importância”, ressalta.