Empresários catarinenses morrem após queda de avião em Manaus

Empresários catarinenses morrem após queda de avião em Manaus Empresários catarinenses morrem após queda de avião em Manaus

Segurança

Por: Gabriel Junior

sexta-feira, 06:15 - 23/02/2018

Gabriel Junior
Dois empresários catarinenses morreram após a queda de um avião na manhã de quinta-feira (22), em Manaus, no Amazonas. No total, quatro pessoas morreram, sendo três na hora do acidente e uma no hospital. Osni dos Santos, de 51 anos, era natural de Gaspar e morreu na hora. Além de ser um empresário conhecido nos ramos têxtil e pecuarista, ele também participou ativamente no CTG Coração do Vale, onde foi patrão por muito anos e um dos responsáveis pela organização do rodeio anual, o maior evento do município de Gaspar. Já Valdir Ademir Sestrem atuava em Blumenau e chegou a ser socorrido pelos bombeiros, mas teve uma parada cardíaca e não resistiu. Os corpos dos dois devem chegar no sábado (24) em Santa Catarina. De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave de matrícula PT- VKR decolou do aeródromo de Flores, na capital, com destino a Borba, também no Amazonas. Logo após a decolagem, por volta de 9h30 (local), caiu nas proximidades do aeroporto. O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidente Aeronáuticos (Seripa-7) disse que apura o ocorrido. Sobrevivente O estado de saúde de Fábio Matias da Cunha, 47, é considerado grave e instável hemodinamicamente (pressão arterial instável), conforme divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), no fim da manhã desta sexta-feira (23). Fábio é o único sobrevivente da queda do avião.

Vídeo mostra momento da queda do avião em Manaus:

https://www.youtube.com/watch?v=xTtHlCr6nlQ
Socorro aos sobreviventes | Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Um dos sobreviventes morreu após parada cardíaca | Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros
×